Atrasos, veículos velhos e horários a menos são as principais reclamações de usuários que utilizam o serviço de transporte da empresa Cidade Sol, que faz a linha São Félix x Salvador. A empresa assumiu a linha no início do mês de setembro deste ano, no lugar da empresa Santana, que operava na linha há mais de 25 anos e por motivo de ordenamento estratégico deixou de operar.

Os usuários tinham expectativa que a nova empresa oferecesse melhores serviços, pois havia muitas reclamações sobre a Santana. Porém, há uma grande frustação com o novo serviço e os usuários reclamam que houve redução dos horários, que falta limpeza nos ônibus e muitas poltronas estão quebradas. Outro problema é os atrasos nos horários, que tem feito alguns passageiros perderem seus compromissos médicos e de trabalho na capital baiana e região metropolitana.

Com veículos ainda plotado da empresa Santana, muitos ainda pensam que a antiga operadora da linha teve queda na qualidade.  Outro fator agravante foi uma determinação da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Energia Transportes e Comunicação da Bahia (AGERBA), proibindo outras empresas que passam no município de parar nos pontos que está sob a competência da Cidade Sol.